I Kill Giants – Filme

AAAAAAAAAA eu precisava escrever logo sobre esse filme, mas não sei exatamente por onde começar e nem sei exatamente qual a minha opinião final sobre o mesmo. Mas vamos lá!

Um pouco sobre o filme…

Bárbara vive para derrotar gigantes e mutantes e salvar o mundo e as pessoas que ama. Ela não mede esforços para capturar e matar esses seres. Porém Bárbara é má compreendida e poucos acreditam em suas histórias e os que se aproximam para entender acabam ficando com medo das histórias da menina e se afastam.

Além de ter muito trabalho para salvar o mundo a mesma tem muitos problemas na escola e dentro de casa e ninguém dá valor no importante papel que ela tem no mundo.

ikillgiants_05.0

Minhas Opiniões:

Achei o roteiro e a condução do filme perfeitamente bem montados. Como vocês sabem dificilmente assisto a um trailer ou leio a sinopse dos filmes antes de assistí-los, nesse não foi diferente. Então comecei pensando uma coisa do filme achando que teria certeza do que aconteceria, no meio do filme mudei de opinião e aí sim tinha certeza do que iria acontecer no fim, e o fim foi bem diferente do que eu esperava.

Alguns dos resultados do filme me deixaram decepcionado mas por fim a história faz bastante sentido e é bem gostosa de assistir.

A atuação de Madison Wolfe é sensacional, a menina conduz o filme praticamente sozinha e você consegue sentir amor, ódio, pena e compaixão por ela tudo ao mesmo tempo, sem saber exatamente qual deles escolher.

Os efeitos especiais são ok, não precisa de muito, porque o principal do filme é a história e não realmente as lutas dos gigantes contra Bárbara.

O filme é lindo de ver, fiquei encantada, achei um estilo Harry Potter e descobri por fim que eram dos mesmo produtores, então se você é afim de HP vale muito à pena se arriscar e perder algum tempinho se deixando levar por essa história.

ikillgiants_01.0

Cuidado, spoilers!

De começo pensei realmente que a história iria se tratar de algo fantasioso, cheio de bichos e uma luta contra gigantes, achei que seria bem historinha pra boi dormir, MAS não! Depois cheguei a pensar que a menina estava louca pois possivelmente seus pais tinham morrido e antes de morrerem alguém tinha comentado sobre ser culpa de gigantes. TAMBÉM não. A história levou para outro lugar, um lugar onde Bárbara apenas criou um mundo para sair de seus problemas reais, no caso, a doença de sua mãe, que ela insistia em ignorar e achava que seria solucionada através da morte do gigante ou de um titã.

As histórias que envolvem fora da fantasia são muito boas e reais, como o bullying na escola, os problemas em casa, as pessoas se afastando por achá-la louca e a psicóloga entendendo que algo se passava.

Pensei que no final Bárbara entenderia que aquilo tudo era um mundo que ela criara para se afastar de problemas, mas sendo criança faz sentido isso não acontecer. Ela permanece nesse mundo mas através dele entende que a vida precisa continuar e que precisa ser abraçada em vez de jogar tudo para o alto e ignorar o que acontece.

Índico ou não índico?

Por fim a conclusão da história é muito bonita e bem construída. Indico para que parem um tempinho do seu tempo e apreciem a imaginação de uma criança que não é “boba”, mas tem um propósito  e um propósito muito bonito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s