KONG: A ilha da Caveira

E mais uma vez, cá estou eu para falar sobre mais um filme que assisti recentemente. Em uma das minhas loucuras de “uni-duni-tê” para escolher filmes aleatórios, tive a sorte de ter caído em Kong.

Kong: A ilha da caveira foi lançado em março deste ano, tem como diretor Jordan Vogt-Roberts e um elenco com: Tom Hiddleston, Samuel L. Jackson, Brie Larson e etc.

O filme conta a história de uma ilha que possui coisas fora do comum, incluindo Kong, um macaco gigante.
Em busca de revelar os segredos dessa ilha e afirmar que monstros gigantes existem, o pesquisador Randa faz o que for possível para chegar até ela custe o que for (inclusive mentir sobre o verdadeiro motivo de querer chegar até a ilha). Conseguindo o que quer, Randa segue com seu time de pesquisa, um rastreador, uma fotógrafa e militares.
O que nenhuma dessas pessoas imaginavam (tirando Ronda), é que encontrariam criaturas gigantes e incomuns. Sem ter a mínima noção sobre o verdadeiro motivo de estarem lá, a reação dos militares ao verem tais criaturas é de aniquilá-las, o que causa muitos problemas e coloca a vida de muitos em perigo.

A história é fictícia mas tem um contexto legal, diferente dos outros filmes que contam a história de Kong, o que faz com que ela seja, na minha opnião, muito melhor do que deveria. Eu indico para que vocês assistam e se surpreendam com algumas coisas diferentes dos outros filmes que contam a história de Kong.

As imagens e os efeitos gráficos são maravilhosas, em nenhum momento do filme parei e pensei “nossa, esse monstro não existiria”, porque são muito bem desenhadas.

O filme se concentra muito mais nas criaturas do que em seus personagens humanos, então se você procura uma história humana por trás do filme, não encontrará muita coisa por aqui.

kong.jpg

Hora do spoiler!

Basicamente é isso, porém diferente de um dos filmes de Kong que assisti (confesso que não assisti todos) Kong está em seu habitat natural em que quem o invade são os humanos.

Aqui não é somente um animal gigante que faz parte da história, muitos que estão na ilha também são gigantescos e de diversas tipos, o que deixa a história mais interessante e emocionante.

Ao contrários dos outros filmes que Kong parece um animal irritadíssimo e destruidor, nessa história Kong é considerado rei, e só reage a coisas que “acredita” ameaçar sua ilha. Proteger os outro animais de criaturas sanguinárias e perigosas é de seus trabalhos.

No decorrer do filme assim como nos demais, alguns humanos percebem o lado humanizado do macaco gigante e aprendem a gostá-lo e com isso possuem a intenção defendê-lo.

157565.jpg

Como toda a história, aqui cria-se um romancisinho entre um homem e uma mulher, mas nada de muita importância para o filme.

O filme me surpreendeu exatamente por não ser muito semelhante aos outros, uma cópia de que “Kong chega em Nova Iorque, começa a destruir tudo, as pessoas querem matá-lo, alguém percebe que ele é bom e blá-blá-blá”.

É quase isso, mas não é isso. Aqui há um motivo real que se entende o por quê do macaco ser bom, ele tem o objetivo que todos os animais possuem, proteger seu lar e fazer de tudo para que ele permaneça seguro.

maxresdefault_5e8a.jpg

Claro que ter um animais sangüinários super esquisitos sai um pouco do contexto do mundo “real” (em que animais mesmo sendo grandes, continuam sendo animais).

Ter um grupo de pessoas morando naquela ilha também tira um pouco do lado fantasioso da história, pois torna a ilha já habitável por humanos e não somente por coisas que teoricamente não existem.

Saber que Kong é o último de sua espécie na ilha me deixou de coração partido. Ficaria muito feliz se o romancesinho do filme fosse entre ele e outra macaca, pelo menos seria diferente do de sempre né?

Espero que lancem mais filme de Kong como continuação desse, tenho certeza que fariam muito sucesso se seguissem essa linha de raciocínio que essa história segue.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s