Mulher-Maravilha

O filme foi lançado esse mês e já estava deixando muitas pessoas ansiosas para assistí-lo. Fico me perguntando porque a DC demorou tanto tempo para fazer um filme sobre essa personagem maravilhosa, sendo que já existe vários filmes do Super Homem e do Batman, mas enfim, esse não é o ponto do post de hoje.

Fiquei curiosa para assistir o filme, já que sou praticamente uma leiga em relação a história de heróis, pois nunca me interessei nem por quadrinhos, nem pelos desenhos dos mesmos. Mas sabia algumas coisas sobre essa personagem, mas o básico do básico.

580546.jpg

Com direção de Patty Jenkins e Gal Gadot como Diana, o filme me surpreendeu em partes e me desanimou em outras. Lembrando que são apenas minhas opiniões e ela pode sim ser muito diferente da sua.

349108.jpg

Primeiramente me surpreendi e ao mesmo tempo amei a escolha da Gal Gadot como a atriz principal. Me surpreendi pelo fato de achar a atriz muito magra e sem características para o papel de uma personagem tão forte e maravilhosa como é a Mulher Maravilha. Conheci o trabalho de Gadot no filme Velozes e Furiosos e já gostava muito de seu trabalho por lá, mas não conseguia imaginá-la como atriz principal de um filme tão grande no entanto ela fez sucesso e honrou muita sua personagem. Para mim ela fez um ótimo trabalho. E que mulher maravilhosa essa senhora é, não é mesmo?

A segunda coisa que mais amei no filme foram os efeitos especiais, incluindo as cenas de luta em câmera lenta, que deram bastante ênfase na força que Diana possui.

Em terceiro lugar as gravações da ilha onde as Amazonas viviam foram maravilhosas, que lugar é aquele? Um pedacinho do céu? Ao que tudo indica foi gravado na Itália, o que me fez querer conhecer ainda mais esse lugar.

mulhermaravilha.jpg

A história do filme me surpreendeu em partes. Não gostei do contexto geral, achei meio bobinho e um pouco romântico demais. As partes relacionando a deuses e Amazonas foram surpreendentes pra mim, não fazia ideia de que teriam e me surpreendeu pois gosto bastante de histórias nesse estilo. Mas por misturar com a realidade ficou meio confuso e eu não sabia até que ponto toda as história dos deuses era real ou não.

mulher-maravilha-destaque2.jpg

Os personagens foram muito característicos, cada um com sua personalidade diferenciada, alternando para uns mais espertos como Steve, outros mais fortes e corajosos como Diana, outros mais tristes e outros mais engraçados.

Cuidado com os spoilers:

mms1.jpg

Fazer com que Diana tenha um par romântico não a torna fraca, mas fica meio clichê colocá-lo como o motivo de sua força maior. Achei meio ridículo ela conseguir derrotar o vilão ao se lembrar dele. Acho que poderia ter vindo de algo maior e mais criativo e não o mesmo de sempre, que o amor vence tudo.

blog-cyncardoso-cinema-mulher-maravilha-filme-antiope.jpg

Achei que em algum momento do final Diana voltaria a ilha para explicar tudo a sua mãe e para dizer que havia derrotado Hades e deixá-las mais tranquila, mas não, a história segue sem sabermos se isso aconteceu ou não.

Achei muito clichê a morte de Steve Trevor como herói, porque estava muito na cara que ele iria se sacrificar desde o começo. Parece maldade minha, mas gosto mais quando alguém aparece do nada e tira a vida do cara bonzinho porque nos surpreende e não fica na mesma melação do sacrifício.

O sacrifício do Steve me lembrou muito do que aconteceu com o Capitão América em seu primeiro filme, achei bem cópiazinha.

As partes em que Diana aparece totalmente perdida do contexto do mundo oriental foram pegadas maravilhosas sem necessariamente ser um humor bobinho, já que as Amazonas não possuem contato nenhum com o mundo fora da ilha e para elas tudo é muito diferente. Assim a diretora e os roteiristas tiveram a felicidade de fazerem jogadas de humor em alguns momentos.

Conclusão:

Eu gostei bastante do filme apesar de achar muito confusa essa ideia de deuses e seres poderosos separados do mundo real em que ninguém faz ideia de sua existência. É diferente dos filmes que estou acostumada assistir, talvez por isso a confusão.

A história de amor entre Steve e Diana é bonita e em alguns momentos me fez até me apaixonar, mas depois acabou se tornando motivo de tudo e ficou bem bizarro e clichê.

Os efeitos especiais e lutas foram minhas partes preferidas do filme sem dúvida.

Gal Gadot fez um ótimo trabalho e eu ainda continuo aplaudindo e babando essa atriz maravilhosa.

Recomendo que assistam sim, achei legal, porém, esperava algumas coisas diferentes.

Anúncios

2 comentários sobre “Mulher-Maravilha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s