O descer da ampulheta

Como foi o dia de vocês hoje? Começo com essa pergunta porque imagino que de alguma maneira sua resposta seja “corrido”, mesmo que você nem tenha feito muitas coisas.

Por que todas as respostas se voltam de alguma maneira para a correria? Olha o mundo ansioso em que vivemos. Difícil não viver na correria, você é obrigado a isso mesmo que não queira.

Outro dia, andando em uma das principais avenidas da minha cidade percebi que estava andando rápido demais, conforme o fluxo ao meu redor se movia, mas minutos antes eu havia falado que não estava com pressa. E é incrível como a ansiedade das pessoas, ou melhor, a correria delas te faz correr.

No nosso mundo de hoje, tudo tem que ser no “agora”. Se você não fizer agora você já ficou para trás, seja no que for.

E de todas as pessoas que eu conheço eu sou uma das mais ansiosas, talvez por querer fazer tantas coisas ao mesmo tempo, talvez por conviver com pessoas ansiosas igual a mim, talvez por não saber esperar.

mae-nao-dorme-atarefada.jpg

O engraçado da ansiedade é que quanto maior a ansiedade mais você quer desistir de fazer as coisas. Em uma crise de ansiedade minha eu simplesmente sentei e chorei, porque eu não dava conta, eu não era 50 pessoas dentro de uma, era só eu mesma para fazer tudo o que eu queria e precisava.

ansiedade3-2480x1297.jpg

Eu juro que queria ser calma, tranquila, mas eu não consigo. Só de imaginar que eu tenho algo que preciso fazer, o meu corpo inteiro se agita e eu simplesmente tenho que fazer isso e mais mil coisas.

Essa correria do mundo mata as pessoas, no sentido de deixar as pessoas ansiosas e deixar as pessoas ansiosas as matam de alguma maneira. O tempo não para, você não pode parar, você é controlado por ele, o tempo todo, todo o tempo.

Mas há como tocar um foda-se e deixar que o mundo se exploda por sí mesmo? Há como parar em meio a tanta correria? Dá para ficar para trás em um mundo tão acelerado?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s