Continue a nadar – Dori a psicóloga

blog 5

Esse post é diferente de todos que eu já escrevi aqui no blog e trata sobre como enfrentar problemas do dia-a-dia que nós mesmos criamos em nossas cabeças. Em várias consultas com a minha psicóloga aprendi coisas maravilhosas e acho que coisas boas devem ser repassadas, por isso, o post.

Tem dias que geralmente acordamos e logo de cara, sem antes respirar o primeiro ar do despertar, já estamos tristes, magoados, irritados, de mal com a vida. Isso é uma coisa normal? Com certeza é! Isso pode acontecer por vários motivos: cansaço, preguiça, picos de depressão, brigas que ocorreram na noite anterior, estresse e etc. Mas aqui o que importa não é a causa e sim o que você faz para mudar isso.

blog 4

Não há uma maneira de você deitar na cama e dizer “Amanhã acordarei super feliz” e isso realmente acontecer, porque não depende só de você, são vários os fatores que podem influenciar o seu humor ao acordar. Mas já que isso aconteceu, você pode mudar pensando da seguinte maneira: “Se eu permanecer na minha cama o dia todo, sem entrar em contato com o mundo isso deve se amenizar e no outro dia eu devo estar melhor e tudo volta ao normal”. – Parou por ai! Por experiência própria, quanto mais você se mantém isolada, quanto mais você se distância do movimentos das pessoas, das distrações, você acaba se perdendo, se afundando em pensamentos negativos e trazendo tristeza e agonia para a sua vida. O isolamento faz com que você queira se isolar cada vez mais, e pensar que sozinha tudo será melhor e que não prejudicará ninguém com o seu mal humor.

Mas e se o seu pensamento for “Mesmo que eu esteja mal, eu vou levantar e encarar o mundo e o mundo vai ter que me encarar de volta”. Você deu um passo a mais, você fez aquilo que você não queria fazer, que é encarar a vida mesmo que nada esteja bem, mesmo que seu mundo esteja desabando, e eu vou te dizer o porquê isso vale à pena. Se você decidir dar esse passo e cumprir com os compromissos que tinha planejado e não desistiu de fazer, você pelo menos foi e tentou, mesmo que aquilo não dê certo, pelo menos você tomou a iniciativa de ir e fazer, é bem melhor do que ter o sentimento de não ter tido nem coragem de tentar.

Sair da cama com a mínima vontade possível e dar sua cara a tapa ao mundo é importantíssimo, te torna mais forte, te torna confiante. Ter pessoas ao seu redor mesmo que não sejam conhecidas faz com que você distraia a cabeça e tire aquele vazio que tinha dentro de você. Se ocupar com tarefas que preencham seu dia também te ajuda a preencher o vazio, como dizia minha vó “Mente vazia é oficina do Diabo” e realmente, ela tem muita razão.

“Mas e se eu sair e brigar com todo mundo e voltar pior para a casa?” Sim, você corre esse risco assim como qualquer pessoa corre o risco de sair na rua e ser atingido por um cocô de passarinho (péssimo exemplo, mas foi o que consegui pensar, me desculpem). Todas as pessoas do mundo tem dias ruins, as mais ricas, as mais pobres, as mais bonitas e etc, mas você nunca vai saber se isso vai ser bom para ou você ou não se você não correr esse risco. Brigar com pessoas faz parte da interação da sociedade, se não há conflito não há evolução (já dizia alguém da comunicação).

blog3

Se nada do que eu disse até agora fez sentido, a Dori do procurando Nemo pode simplificar para você. Apesar de todos os seus problemas de perda de memória recente, por tanto julgamento que sofre, ela canta toda feliz sua musiquinha “Continue a nadar, nadar, nadar” ,ou seja, siga em frente, lute contra a correnteza, lute contra os seus problemas, lute como a Dori lutou, se não for por você, faça por quem você ama, porque apesar de você não achar, essas pessoas precisam de você.

Anúncios

Um comentário sobre “Continue a nadar – Dori a psicóloga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s