Filme Bizarre, o que dizer?

blog2

Para tudo que eu preciso falar sobre esse filme que eu acabei de assistir! Realmente o nome dele faz total sentido a todo o contexto do filme. Por onde começar? Bem, eu sou uma grande amante de cinema, por isso não escolho os filmes pela capa ou pelo gênero, geralmente assisto pelo acaso. Hoje o acaso me fez assistir a este filme que me deixou literalmente sem palavras. Se você está esperando por um filme de terror com cenas de pessoas sendo cortadas ao meio, desculpe te iludir, mas esse filme não tem nada  a ver com isso.

Basicamente se trata de um garoto, chamado Maurice, todo cheio de segredos que saiu da França para viver no Estados Unidos (por que? também não faço ideia), que ao acaso é convidado por uma estranha a morar na casa dela com a namorada e trabalhar em seu bar que fica logo em baixo (porque isso sempre acontece, você está ali na estação de metrô e chega alguém e fala “e aí? Quer morar comigo?”), ele claramente aceita. Acaba conhecendo um dos meninos que trabalha no mesmo local, que acaba se tornando alguém muito especial para ele.
O bar em que ele começa a trabalhar não é qualquer bar, eu diria que se trata de um bar que trabalha muito com a arte corporal e que recebe diferentes tipos de públicos (o filme contém muitos nudes sim!). Mas voltando a história, Maurice é todo cheio de segredos, ninguém sabe nada de concreto sobre a sua vida (além do nome é claro) e mesmo se aproximando das pessoas do trabalho ele não consegue se abrir com ninguém, muito menos expressar seus sentimentos. No final do filme Maurice vê um senhor (quem é? não sabemos) sentado na mesa do bar e tenta fugir desesperado de onde mora, e é barrado por seus “amigos”. E outras cocitas a mais vão acontecendo.

blog

Mas espera! Antes de você assistir quero fazer a minha análise. O filme conta com enquadramentos incríveis, as falas são simples e não possui nem um contexto muito específico, enquanto os atores conversam nenhuma trilha sonora é acrescentada ao fundo e isso não torna o filme chato e sim te faz prestar mais atenção na fala e nas reações corporais dos personagens. Quando nenhum ator esta conversando, ou quando a conversa não é tão importante ao roteiro, a trilha sonora é adicionada ao filme, fazendo com que ele não fique monótono. Traz uma quebra da normalidade onde geralmente a maioria dos filmes são compostas por heterossexuais.

A história te deixa ansioso a cada minuto, pois você não sabe nada sobre o personagem principal (eu como uma pessoa muito ansiosa que sou, não conseguia nem piscar direito). E aí você me pergunta “Mas e aí? Quem ele realmente era? Quais eram seus segredos?” então… eu não sei! O filme não revela nada sobre Maurice e nem sobre alguns acontecimentos importantes, ele simplesmente te deixa pensar, fazer com que você complete a história ou quer demonstra que não necessariamente todo o filme precisa de um desfecho.

Se você assistir, escreva aqui nos comentários sua opinião e se você tem algum final para essa história.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Filme Bizarre, o que dizer?

  1. Parece bem interessante, mas confesso que me daria agonia não saber praticamente nada sobre o personagem principal.

    P.S.: O filme fala quem é o senhor ?
    P.S.²: Agradecemos a sorte do Maurice pela menina que o convidou pra morar junto ser uma boa pessoa!

    Curtir

  2. Gostei muito do filme, primeiro pela sensação sensorial, incluindo a tilha sonora, pareceu-me que tinha Philip Glass, a estória foge do convencional e obriga o espectador a pensar com final fora do padrão hollywoodiano

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s